Notícias

A transformação das organizações através das pessoas

Sessão de continuidade em parceria com a Neves de Almeida, HR Consulting

“Conhecer as pessoas: transformar a organização” foi o mote do encontro que contou com Luís Geada e Rui Rio como oradores na AESE, em Lisboa. A sessão do dia 18 de maio de 2017 foi espaço para troca de experiências de liderança de equipas, onde os Alumni e convidados puderam interpelar os convidados a propósito das suas boas práticas.

Liderar pelo seguro
Responsável de Desenvolvimento dos Recursos Humanos na Zurich, Luís Geada explicou a génese e os desafios de implementação do programa Z-Force, criado a fim de padronizar, uniformizar e melhorar os processos da seguradora na relação com os seus muitos mediadores.
“Qualquer projecto de mudança é emocional” diz Luís Geada, que acredita na capacidade de inovação e adaptação dos portugueses: “Se houvesse resistência à mudança, os Descobrimentos não teriam acontecido.”  


Liderar na Administração Pública

A experiência acumulada na Câmara Municipal do Porto, a par de outras no setor privado, dão a Rui Rio, ex-Presidente da Câmara e Partner da Boyden, uma visão particular da gestão de pessoas e de instituições. Essa vivência permite-lhe concluir que “os melhores e os piores colaboradores encontram-se na Administração Pública.

A braços com projetos que visavam a coesão social, a reabilitação urbana pela competitividade da cidade, a mobilidade com o início do metropolitano no Porto e o Turismo, Rui Rio geriu pelo exemplo uma instituição muito endividada. “É com a respeitabilidade, que conseguimos levar as pessoas a trabalhar. Estar com elas é fundamental.” “Ser coerente e justo, seguindo os mesmos parâmetros sem mudar, de acordo com a conveniência”, terá sido a chave da sua liderança, ciente do papel de coordenação e da necessidade de saber delegar. Ter sempre as contas positivas, implementando uma cultura de sobriedade foi outra das suas preocupações como autarca. Dos 6M €, no início, aos cerca de 150m € de horas extras, evidenciam as poupanças obtidas com obras nos bairros sociais. A disciplina, o cumprimento dos horários e o combate a baixas fraudulentas foram temas na agenda durante o seu mandato.


Às apresentações dos oradores, seguiu-se um debate com os participantes, especialmente sensíveis a este tema.