Notícias

Implementar uma estratégia com sucesso

Sessão de Continuidade para os Alumni AESE no norte

Saber ultrapassar os desafios que a implementação estratégica acarreta é um empreendimento para o qual o Prof. Carlos Folle, do IEEM (Montevideo) alerta.

Empresários e executivos, Alumni da AESE Porto, assistiram a uma sessão de continuidade subordinada a este tema, no dia 1 de março de 2018. À conferência seguiu-se um momento de perguntas e respostas, com base em casos práticos trazidos pelos participantes.

“Para poder perdurar no tempo, uma organização bem sucedida precisa de uma estratégia definida, relevante, concertada, bem comunicada e sustentável.” Em suma, o Prof. Carlos Folle referiu a importância da capacidade de tomada de decisões e o profissionalismo na sua implementação.”

“Algumas vezes, o problema começa na própria formulação da estratégia, quando se confunde a elaboração da estratégia com uma simples enumeração de objetivos a cumprir, que pouco adiantam ao processo de tomada de decisões por parte dos dirigentes intermédios que, normalmente, são responsáveis pela implementação. Noutros casos, pode haver falhas de qualidade na direção da empresa: estilos de gestão demasiado “laissez-faire”, assim como falta de identificação dos desafios mais importantes, e um plano de ação para superá-los com sucesso. Também é frequente que esta falta de clareza nos desafios suscite conflitos nas prioridades dos dirigentes que a seguir se transformam numa competição interna pelos recursos – tanto pelo tempo dos colaboradores, como pelo dinheiro. Estes conflitos multiplicam-se ao descer na escala hierárquica. Estas falhas normalmente derivam em competições pelo poder, no cercear da informação e em falhas na comunicação, o que obstaculiza a coordenação, a aprendizagem positiva e o desenvolvimento dentro da organização.”

Existem certos padrões de comportamento, como o estilo de liderança aberto e participativo, que são favoráveis a uma implementação estratégica eficiente. A clareza nas prioridades e na comunicação pelos diferentes níveis da organização é incontornável. Carlos Folle acrescenta ainda outros fatores como a existência de indicadores de desempenho, uma liderança efetiva e a responsabilidade transversal como excelentes atributos para o sucesso.

Pedro Ribeiro, Alumnus do 49 º. do PDE, no Porto, referiu que:“a boa execução de uma estratégia corporativa beneficia de um bom alinhamento com a respetiva cultura, para o que será importante dispor de, por um lado, pessoas com skills e comportamentos adequados, e por outro, de processos simples, claros e coerentes.”