Notícias

Pacto em ação

Responsabilidade social dos Alumni AESE

Nascido em 2016, o Pacto - Plano de Ação e Capacitação para Transformação das Organizações Sociais volta a pôr em marcha projetos que visam colocar “as competências e os conhecimentos dos Alumni da AESE” ao serviço de instituições do 3.º setor, representadas no programa GOS – Gestão de Organizações Sociais.

Entre a procura de auxílio das organizações de caráter social e as aptidões técnicas dos antigos alunos da AESE, o Pacto estabelece a ponte entre as partes de forma a que sejam constituídas equipas com as valências necessárias à organização e otimização dos recursos disponíveis. O trabalho voluntário pode ter linhas de intervenção tão diversas como: a definição de um plano estratégico global, o estabelecimento de um Manual de Procedimentos, a implementação de um sistema de Controlo de Gestão/KPI’s, a melhoria da gestão dos Recursos Humanos, a Certificação de Qualidade, um Plano de Comunicação/Marketing e o delineamento estratégico de angariação de fundos.

Entre os projetos piloto do Pacto, realizados em 2016, destaca-se: o apoio à Vale de Acór, patrocinado pela Accenture, que visa a informatização de todo o atendimento e backoffice da instituição; e o projeto de desenvolvimento de serviços complementares à atividade principal dos Leigos para o Desenvolvimento, que se traduziu na preparação de uma linha de negócio de responsabilidade social.

Em 2016/2017, novos desafios se colocam. A Casa Mãe do Gradil, um lar de Infância e Juventude e Serviço de Apoio Domiciliário, solicitou ajuda para a rentabilização de antigas instalações, a diminuição da dependência financeira estatal, a melhoria da sustentabilidade e o aumento do impacto social, através de novos serviços à comunidade.

Também o Centro Social e Paroquial de Carnide requereu a colaboração de Alumni da AESE para agilizar um processo de controlo de gestão adequado à realidade da instituição e a implementação de um novo modelo de gestão que diminua os défices e a dependência financeira estatal.

O Centro Social e Paroquial de Almada necessita de uma intervenção a dois níveis. Por um lado, a mudança passa pelo planeamento estratégico global de crescimento, com a identificação das necessidades que pretende cobrir através da ação sócio-caritativa, da reorganização das valências e de estabelecer uma estratégia de posicionamento em função da população a atingir e a especialização a adotar. Por outro lado, está empenhado em trabalhar no sentido de desenvolver um projeto estruturado de angariação de fundos, aproveitando as diversas ofertas existentes na área de Fundraising e na aquisição das respetivas competências para desenvolver este trabalho, o que requer um nível cada vez maior de exigência.

A Associação Fénixis apostada na prestação de cuidados relacionados com a Saúde mental e o desenvolvimento comunitário, pretende que os antigos alunos colaborem no delineamento de um Plano Estratégico a 3 anos, com o objetivo de perspetivar os objetivos e atividades a curto e médio prazo, bem como organizar e gerir de forma mais eficiente os recursos humanos e de tempo.

Como podem os Alumni AESE colaborar?
Existem 3 formas de colaboração:
•    Como Participante, ao integrar uma equipa de voluntariado, responsável por um projeto;
•    Como Coordenador, gerindo uma equipa com a responsabilidade de fazer a ligação com a instituição e a equipa do PACTO;
•    Formando equipa, isto é, procurando dentro da própria empresa, outros Alumni AESE com que seja possível intervir de forma concertada num dos projetos.

Esta iniciativa do Agrupamento de Alumni da AESE tem presentemente como principais promotores: Manuela Silva e Fernanda Carvalho (ambas Alumnae do 38.º PADE), Cátia Sá Guerreiro (4.º GOS e Diretora do programa), Manuela Cardoso (39.º PDE) e António Pita de Abreu (1.º PDE e Presidente do Agrupamento de Alumni da AESE).

Para mais informações