Notícias

Que futuro para a gestão hospitalar?

O setor da Saúde

 

Lisboa, 5 de novembro de 2019
O setor da Saúde
Que futuro para a gestão hospitar?
A AESE foi anfitriã do seminário sobre os “Novos Modelos de Contratação Pública”, que serviu ao debate do tema “Que Futuro para a Gestão Hospitalar?” A iniciativa realizou-se no dia 5 de novembro, em Lisboa.
Neste encontro, os profissionais do setor puderam debater os desafios e as oportunidades que existem na implementação do código dos contratos públicos. A sessão de abertura coube a Alexandre Lourençio, da Associação Portuguesa de Administradores Hospitalares e a Ivan Christo França, da Siemens Healthcare.
O Prof. José Fragata, da Universidade Nova de Lisboa, fez o comentário à intervenção de José Allegue, representante do Hospital General Universitário Santa Lucía, cuja apresentação incidiu sobre “Os novos modelos de contratos públicos como resposta às necessidades e desafios do setor da saúde”.
De seguida foram estudados “Novos modelos de contratos públicos e o enquadramento jurídico” vigente. Para o debate contribuiram: Vera Eiró, da Nova Direito, Daniela Maia, do Grupo de Trabalho para a Contratação Pública e eliminação do desperdício da APAH, e Licínio de Carvalho, do Centro Hospitalar de Leiria.
A transformação do SNS através da contratação pública foi o mote para a sessão de trabalho com vários especialistas. Celeste Silva, do Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental, Diogo Ribeiro dos Santos, da AESE Business School, e Eurico Castro Alves, Convenção Nacional de Saúde expuseram as suas perspetivas. Fernando Regateiro, do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, Artur Mimoso, dos Serviços Partilhados do Ministério da Saúde, e Rosa Matos, do Centro Hospitalar e Universitário de Lisboa Centrar, acrescentaram a sua visão a cerca da matéria.
O wrap up da manhã do seminário foi feito por Alexandre Lourenço.
Após o almoço, foi feito um enquadramento teórico e legal da contratação pública, com a análise de casos práticos, seguida de discussão dos mesmos.    

A AESE foi anfitriã do seminário sobre os “Novos Modelos de Contratação Pública”, que serviu ao debate do tema “Que Futuro para a Gestão Hospitalar?” A iniciativa realizou-se no dia 5 de novembro, em Lisboa.

Neste encontro, os profissionais do setor puderam debater os desafios e as oportunidades que existem na implementação do código dos contratos públicos. A sessão de abertura coube a Alexandre Lourençio, da Associação Portuguesa de Administradores Hospitalares e a Ivan Christo França, da Siemens Healthcare.

O Prof. José Fragata, da Universidade Nova de Lisboa, fez o comentário à intervenção de José Allegue, representante do Hospital General Universitário Santa Lucía, cuja apresentação incidiu sobre “Os novos modelos de contratos públicos como resposta às necessidades e desafios do setor da saúde”.

De seguida foram estudados “Novos modelos de contratos públicos e o enquadramento jurídico” vigente. Para o debate contribuiram: Vera Eiró, da Nova Direito, Daniela Maia, do Grupo de Trabalho para a Contratação Pública e eliminação do desperdício da APAH, e Licínio de Carvalho, do Centro Hospitalar de Leiria.

A transformação do SNS através da contratação pública foi o mote para a sessão de trabalho com vários especialistas. Celeste Silva, do Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental, Diogo Ribeiro dos Santos, da AESE Business School, e Eurico Castro Alves, Convenção Nacional de Saúde expuseram as suas perspetivas. Fernando Regateiro, do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, Artur Mimoso, dos Serviços Partilhados do Ministério da Saúde, e Rosa Matos, do Centro Hospitalar e Universitário de Lisboa Centrar, acrescentaram a sua visão a cerca da matéria.

O wrap up da manhã do seminário foi feito por Alexandre Lourenço.Após o almoço, foi feito um enquadramento teórico e legal da contratação pública, com a análise de casos práticos, seguida de discussão dos mesmos.