anterior
seguinte


Correio da AESE n.º 729 |  7 de novembro de 2018 

 

Caro Alumnus/ Estimada Alumna AESE,

O 16.º Executive MBA AESE regressa à escola para o Capstone. Carlos Lacerda, da SAP, Pedro Videla do IESE e o Padre Gonçalo Portocarrero receberam os participantes e desafiaram-nos a posicionarem-se como líderes capazes de criar valor, responsáveis e comprometidos com os negócios, com as suas pessoas e a sociedade.
No arranque do 2.º ano letivo, o 17.º Executive MBA reuniu-se na AESE para a September Excelling in Leadership intensive week. Sebastian Reiche, Joaquim Vilà e Miquel Lladó acompanharam os presentes num treino sistemático sobre Liderança global, Design Thinking e nos temas estratégicos que devem ocupar a Agenda de um CEO. Entre os alunos do Executive MBA, a AESE congratulou-se com a parceria estabelecida por Nuno da Silva Vieira, da Vieira Law Firm, e a IBM, que visa a aplicação da Inteligência Artificial ao serviço do sector jurídico. Esta iniciativa decorreu dos contactos estabelecidos no âmbito da semana internacional do programa no IESE de New York.
“What’s in it for me?” foi uma das perguntas chave que Filipe Simões de Almeida levantou no seminário “Gestão de vendas estratégicas”. O que ter em conta desde o momento de propor um negócio à hora de fecho para que haja impacto para compradores e vendedores?  A formação analisou cada um dos aspetos críticos, com a vantagem de poder aplicar os conhecimentos em exercícios práticos efetivos. O Prof. André Vilares Morgado também conduziu a discussão de casos práticos que implicaram - como habitualmente – a tomada de decisões com base em situações  paradigmáticas.

O GCI 4.0, Global Competitivity Index 4.0 do World Economic Forum foi conhecido na AESE, num evento que temos concretizado anualmente em parceria com o FAE e a Proforum. No relatório do World Economic Forum soube-se que Portugal ocupa a 34.ª posição, num universo de 140 países que competem pelos lugares cimeiros de competitividade. A subida de 8 lugares na classificação ficou a dever-se substancialmente à alteração dos critérios de análise contemplados na avaliação deste ano. À apresentação dos resultados do relatório por Ilídio Serôdio, seguiu-se a apreciação de Luís Filipe Pereira e o comentário de um painel constituído pelo Diretor Geral da COTEC Portugal, pelo Presidente da CAP, pelo Vice Presidente do FAE e pelo Prof. Francisco Vieira da AESE. A moderação deste debate acerca do impacto dos resultados e do posicionamento do país face aos desafios do futuro, esteve sob a moderação do diretor do ECO, António Costa.

No dia seguinte, o tema do Orçamento de Estado para 2019 reuniu na AESE cerca de 220 empresários e dirigentes, no seminário anual que o Forum para a Competitividade organiza. Houve espaço de discussão das tendências e dos impactos que o OE terá na economia portuguesa, na esfera doméstica e internacional. O encontro foi encerrado pelo Secretário de Estado para a Internacionalização, Eurico Brilhante Dias (empossado nessa mesma manhã).

As Empresas Patrocinadoras da AESE estiveram reunidas para apreciar o Relatório de atividades do ano letivo 2017-2018 e conhecer as linhas estratégicas que a escola seguirá no ano em curso. Depois do jantar, o Prof. Luís Cabral, da AESE e da Stern School da NYU, apresentou o tema da “Inteligência Artificial, da globalização, do crescimento e do futuro do trabalho”, que foi objeto de um debate vivo.

A AESE reuniu o seu Conselho geral para compreender o que as empresas valorizam na formação e que novas necessidades sentem os líderes nas suas empresas. Na reunião, dirigida pela Dean, a Prof. Maria de Fátima Carioca, foi equacionado o futuro do trabalho, como deve ser pensada a formação e discutiu-se como é que a AESE pode manter a sua relevância neste mundo em rápida mudança. 

 
No Panorama veja notícias sobre … 


  • Ciências e humanidades: complementares, não antitéticas
  • O luto pelo filho não nascido
  • Progressistas e conservadores perante a liberdade de expressão
  • “O Insulto”  


Reflexões mais profundas na Documentação

  • O poder profético da “Humanae vitae”        
  • Uma visão integral do amor e da sexualidade



Cláudia Dias | claudiadias@aese.pt