Eventos

<< Voltar

O setor vitivinícola e o consumidor final

Projeto CV3



Descrição
Prosseguindo a missão do Projeto CV3 - Criação de Valor na Vinha e no Vinho – de divulgar o que é interessante no setor de modo a gerar uma discussão aberta, estimulante e fundamentada à sua volta, apresenta-se o quarto evento do programa.
Nesta ocasião serão expostos alguns conceitos de enquadramento e práticas de gestão que podem ser implementadas pelos protagonistas relevantes do sector, com o objetivo de tornar o sector vitivinícola mais competitivo.
Em primeiro lugar, serão dados a conhecer os projetos de I&D que se desenvolvem no INIAV e que permitem medir as preferências reais dos consumidores através de metodologias da economia experimental. Serão apresentados os resultados de um projeto realizado em colaboração com empresas vitivinícolas nacionais sobre a valorização de inovações sustentáveis pelos consumidores.
Em segundo lugar, voltaremos a utilizar o método do caso, colocando-se os participantes em face de desafios empresariais verídicos. Discutir-se-á o caso Grupo Parras que permite analisar, de forma aberta, os seus problemas reais de competitividade com a geração de alternativas ou críticas às soluções apresentadas.
Teremos depois ocasião de conhecer o UniQode, uma nova ferramenta de proteção de marca, proprietária da INCM, que combina tecnologias que impedem a adulteração do produto, facilitam a sua rastreabilidade e promovem o envolvimento do consumidor. Com aplicação especial no mercado do vinho permite ligar, através de um smartphone e com segurança, qualquer produto ao mundo digital.
O caso:
O Grupo Parras, nascido no final do século passado, teve um crescimento de vendas significativo com um mix de produtos variado que oferece no mercado interno e na exportação, na distribuição moderna e na especializada. Sendo o setor da Vinha e do Vinho muito competitivo e conhecendo-se a existência de tendências que apontam para medidas de restrição do consumo, o caso procura explicar a razão deste desenvolvimento diferencial, mas questiona-se se é possível mantê-lo centrando-se nalgum dos mercados ou segmentos ou expandindo-se para outras regiões, por exemplo.
PROGRAMA
9h15 Receção e café
9h30 Boas vindas e apresentação do Projeto CV3
           José Gabriel Chimeno (AESE)
  9h45 A relação do Sector Vitivinícola com o Consumidor Final
Alexandra Seabra Pinto (INIAV)
10h30 Caso GRUPO PARRAS*: Trabalho de grupo 
11h00 Intervalo 
11h30 Caso GRUPO PARRAS: Discussão do caso em plenário
           Prof. José Ramalho Fontes (AESE) 
12h45 Apresentação do UniQode
Tiago Rothes (INCM)
13h15 Debreafing da sessão e fecho, com a participação do Doutor Nuno Boavida Canada, Presidente do INIAV
* O caso Grupo Parras será distribuído previamente, após a aceitação da inscrição
Programa Opcional
13h30 Almoço 
15h00 a 16h30 Visita à Coleção Nacional de Variedades de Videira, orientada pelo Doutor José Eduardo Eiras Dias (INIAV)
Inscrições (obrigatórias) aqui
As inscrições são gratuitas, com exceção da parte opcional do programa, sujeita ao pagamento de €20. 

Prosseguindo a missão do Projeto CV3 - Criação de Valor na Vinha e no Vinho – de divulgar o que é interessante no setor de modo a gerar uma discussão aberta, estimulante e fundamentada à sua volta, apresenta-se o quarto evento do programa.

Nesta ocasião serão expostos alguns conceitos de enquadramento e práticas de gestão que podem ser implementadas pelos protagonistas relevantes do sector, com o objetivo de tornar o sector vitivinícola mais competitivo.

Em primeiro lugar, serão dados a conhecer os projetos de I&D que se desenvolvem no INIAV e que permitem medir as preferências reais dos consumidores através de metodologias da economia experimental. Serão apresentados os resultados de um projeto realizado em colaboração com empresas vitivinícolas nacionais sobre a valorização de inovações sustentáveis pelos consumidores.

Em segundo lugar, voltaremos a utilizar o método do caso, colocando-se os participantes em face de desafios empresariais verídicos. Discutir-se-á o caso Grupo Parras que permite analisar, de forma aberta, os seus problemas reais de competitividade com a geração de alternativas ou críticas às soluções apresentadas.

Teremos depois ocasião de conhecer o UniQode, uma nova ferramenta de proteção de marca, proprietária da INCM, que combina tecnologias que impedem a adulteração do produto, facilitam a sua rastreabilidade e promovem o envolvimento do consumidor. Com aplicação especial no mercado do vinho permite ligar, através de um smartphone e com segurança, qualquer produto ao mundo digital. 

O caso
O Grupo Parras, nascido no final do século passado, teve um crescimento de vendas significativo com um mix de produtos variado que oferece no mercado interno e na exportação, na distribuição moderna e na especializada. Sendo o setor da Vinha e do Vinho muito competitivo e conhecendo-se a existência de tendências que apontam para medidas de restrição do consumo, o caso procura explicar a razão deste desenvolvimento diferencial, mas questiona-se se é possível mantê-lo centrando-se nalgum dos mercados ou segmentos ou expandindo-se para outras regiões, por exemplo.


Programa

9:15 | Receção e café
9:30 | Boas vindas e apresentação do Projeto CV3 - José Gabriel Chimeno, AESE  
9:45 | A relação do Sector Vitivinícola com o Consumidor Final - Alexandra Seabra Pinto, INIAV
10:30 |  Caso GRUPO PARRAS: Trabalho de grupo 
11:00 | Intervalo 
11:30 | Caso GRUPO PARRAS: Discussão do caso em plenário - Prof. José Ramalho Fontes, AESE
12:45 | Apresentação do UniQode - Tiago Rothes, INCM
13:15 | Debreafing da sessão e fecho, com a participação do Doutor Nuno Boavida Canada, Presidente do INIAV


Programa Opcional
13:30 | Almoço 
15:00 - 16:30 | Visita à Coleção Nacional de Variedades de Videira, orientada pelo Doutor José Eduardo Eiras Dias, INIAV

 
Professores

José Gabriel Chimeno, AESE  
Alexandra Seabra Pinto, INIAV
Prof. José Ramalho Fontes, AESE
Tiago Rothes, INCM
Nuno Boavida Canada, Presidente do INIAV

José Eduardo Eiras Dias, INIAV

Metodologia

Método do caso e conferências colóquio.

O caso Grupo Parras será distribuído previamente, após a aceitação da inscrição

Idiomas

Português e castelhano

Locais
INIAV - Pólo de Dois Portos (Estação Vitivinícola Nacional), Quinta da Almoinha, Dois Portos, Torres Vedras

Data:

9 de maio de 2019

Horário:

Manhã ( e tarde)

Data limite:

8 de maio de 2019

Preço:

Inscrições (obrigatórias) aqui
As inscrições são gratuitas, com exceção da parte opcional do programa, sujeita ao pagamento de €20. 

As inscrições são gratuitas, com exceção da parte opcional do programa, sujeita ao pagamento de 20 €. 

Inscrições (obrigatórias) aqui

Mais informações

Sónia Figueira