João Machado

ÃO MACHADO
PRESIDENTE DA CAP - CONFEDERAÇÃO DOS AGRICULTORES DE PORTUGAL
“A atividade agrícola e o setor primário de uma forma geral, enquanto produtores por excelência de bens transacionáveis, constituem na atual conjuntura um pilar fundamental da atividade económica e desenvolvem-se através do recurso às tecnologias, ao aumento da dimensão das explorações e à implantação de um número crescente de novos agricultores, com uma formação diversificada e uma nova perspetiva sobre esta atividade.
Num contexto em que uma geração de agricultores já implantados se cruza com uma nova geração, em início de atividade, carente de experiência e de know-how específico, o GAIN – Direção de Empresas Agrícolas e Agroindustriais, constitui uma mais-valia inquestionável para um setor em pleno crescimento e modernização, fundamentado não apenas na tecnologia, mas também na investigação, na inovação e em boas práticas de gestão, assim como no conhecimento científico de uma forma genérica.”

“A atividade agrícola e o setor primário de uma forma geral, enquanto produtores por excelência de bens transacionáveis, constituem na atual conjuntura um pilar fundamental da atividade económica e desenvolvem-se através do recurso às tecnologias, ao aumento da dimensão das explorações e à implantação de um número crescente de novos agricultores, com uma formação diversificada e uma nova perspetiva sobre esta atividade.


Num contexto em que uma geração de agricultores já implantados se cruza com uma nova geração, em início de atividade, carente de experiência e de know-how específico, o GAIN – Direção de Empresas Agrícolas e Agroindustriais, constitui uma mais-valia inquestionável para um setor em pleno crescimento e modernização, fundamentado não apenas na tecnologia, mas também na investigação, na inovação e em boas práticas de gestão, assim como no conhecimento científico de uma forma genérica.”



João Machado
Presidente da CAP - Confederação dos Agricultores de Portugal