José Fonseca

Qual a principal mais-valia que retirou do PADIS?
Foram a troca de experiências e conhecimentos na gestão em saúde, a “construção” da rede de contactos de Colegas de Curso, provenientes de diferentes áreas da saúde: assistencial, da indústria, regulação, TIc, bem como o conhecimento e a interação com excelentes seres Humanos: Professores e Organizadores do Curso.

Como sintetiza em 3 palavras a experiência PADIS?
Uma experiência de rigor na aprendizagem, de vivência humanista, de crescimento ético, deontológico e científico, sem “vestes” ou filtros limitadores da liberdade expressão de ideias e experiências.

O que representou para si a experiência de participação no PADIS?
Para mim a participação no PADIS representou:

1- O reforço da importância da Pessoa na organização/empresa;
2- A perceção da mais-valia do trabalho de grupo, multidisciplinar, numa visão transcendente dos resultados do mesmo.
3- O conhecimento global do funcionamento/gestão/Investigação da Clínica Universitária de Navarra - onde fomos acolhidos e acompanhados num ambiente de respeito, de proximidade e de abertura para permuta de conhecimentos e experiências.
4- Representou também uma maior convicção da importância da segurança psicológica no trabalho, para que o ser humano, num ambiente de qualidade de vida no trabalho, esteja mais motivado e assim seja mais criativo e produtivo com maiores ganhos também para a Empresa.
5- Uma nota final sobre o acesso ao acervo do excelente material pedagógico dos estudos “do caso” e dos Manuais AESE- Fundamentos da direção de empresas – e Política de empresa – que nos transmitem, numa leitura fluente e agradável, os fundamentos, sempre humanos, da criação ao governo e crescimento da Empresa.

 

José Fonseca
Vogal Executivo da UAGM (Unidade Autónoma de Gestão de Medicina) do Centro Hospitalar de S. João