Margarida Gouvêa

Quando me debrucei sobre o modo como o curso seria ministrado, foi com algum ceticismo que recebi a ideia do “método do caso”, que desconhecia.

Logo nas primeiras semanas compreendi que se trata de uma valiosa ferramenta de trabalho e um inestimável meio de troca de experiências e saberes, bem como de aquisição de conhecimentos.

Há uma grande abertura e debate, com os professores e a troca de opiniões, e as salutares discussões, permitem-nos crescer enquanto indivíduos e profissionais e fazem-nos desejar ser melhores.

O convívio semanal e o espírito humanista que se vive, permitem estabelecer um excelente relacionamento, não só com os colegas como também com os coordenadores do curso, que nos mimam frequentemente, com algumas “surpresas”.

A organização do curso é a todos os níveis irrepreensível quer do ponto de vista das aulas quer do secretariado, que providencia para que tudo esteja pronto atempadamente e melhor do que poderíamos imaginar.

Este curso é a prova de que a excelência profissional existe e pode ser ensinada.


Margarida Gouvêa
Diretora do Serviço de Radiologia do IPO Porto