Rui Melo

Sentir o privilégio de ter participado no 19º Programa de Alta Direção em Instituições de Saúde - PADIS foi das experiências mais enriquecedoras, provavelmente mesmo a mais enriquecedora, de toda a minha vida formativa.

O PADIS implica indelevelmente todos e cada um de nós.

Implica-nos pela excelência do grupo a que se pertence.

Implica-nos pela profícua troca de experiências e opiniões, nem sempre coincidentes, porém facilitadoras de uma maior diversidade do pensamento entre participantes e entre nós e os nossos Mestres.

Implica-nos, por fim, pela excecional organização da Direção do Programa e da AESE patenteada nos mais pequenos pormenores de apoio logístico, realçando a escolha criteriosa e acertada dos competentes e altamente credenciados "Académicos" que nos orientaram ao longo de cerca de três meses de PADIS.

A nossa vida "Pós" PADIS não será, seguramente, a mesma que seria sem a frequência e aproveitamento neste Programa.

O método do caso, com décadas de desenvolvimento e aperfeiçoamento científicos, ajusta-se em pleno a cada um e às circunstâncias em que cada um de nós frequentou o PADIS.

Estou certo que as minhas decisões futuras em saúde, ou fora dela, serão decisões melhor ponderadas, fundamentadas, medidas, adequadas e, espero, mais acertadas, delas beneficiando os destinatários dessas mesmas decisões e o meio organizacional em que me possa encontrar envolvido.

Triste e com pena do programa ter chegado ao seu final, mas alegre e feliz por saber que este mesmo programa e outros desenvolvidos no âmbito da AESE, irão aproveitar tantas outras pessoas e nelas despertar sentimentos parecidos com os que acabo de evidenciar.


Rui Melo

Vogal do Conselho de Administração do Centro Hospitalar de Todela