Tiago Guimarães

A orientação do Programa, tendo em conta a Direção e não a Gestão, assim como a grande camaradagem que se desenvolveu entre todos os participantes no curso, foram alguns dos pontos fortes do PADIS.

 

A visita à CUN constituiu uma experiência muito interessante, pelo conhecimento de um modelo de organização reconhecido e com provas dadas. Contribuiu ainda esta visita para cimentar de forma definitiva o grande espírito de grupo que se criou entre todos nós.

 

A constituição dos grupos de trabalho, da responsabilidade da direção do Programa, é fundamental, por ser o principal polo aglutinador das pessoas. Pessoalmente vou sentir falta desses momentos de troca de experiências e de diálogo estimulante.

 

Durante o PADIS, souberam criar espaço de afirmação para as diferentes pessoas que, na sua variedade e riqueza de personalidades, experiências e proveniências, constituem a grande mais-valia do mesmo.

 

A grande variedade de casos apresentada, embora de interesse heterogéneo, permitiu o desenvolvimento de visões variadas sobre o papel da Direção.

 

Na qualidade do corpo docente é determinante a ligação ao IESE. De facto, esta participação da Escola de Gestão da Universidade de Navarra, permite aceder a um conjunto de docentes com experiência profissional e académica notáveis.

 

A equipa que dirige o Programa e toda a estrutura que a apoia são altamente profissionais e não deixam assuntos por resolver.

 

A duração do PADIS, suficientemente curta para ser conciliável com a manutenção da atividade profissional, mas ainda assim, permitindo um amplo leque de assuntos abordados, é uma das mais-valias do Programa.

 

A discussão do caso final, envolvendo os cônjuges dos participantes, funciona como um corolário afetivo do que ao longo do curso se foi fazendo nas sessões de trabalho.

 

 

Tiago Guimarães

Adjunto da Direção Clínica | Hospital S. João