Maria do Carmo Calvão

A minha participação no Programa de Direção de Empresas na AESE deixou-me a firme convicção de que o segredo do seu sucesso e longevidade, assenta em dois vetores essenciais: A exigência e a partilha. A exigência - vivenciada, sobremaneira, enquanto autoexigência - consolida a ideia de que a formação pessoal nunca está terminada. Quanto à partilha, é a alma do PDE. É da troca gratuita de saberes e experiências que resulta a sedimentação de conhecimentos e o ajuste das melhores práticas profissionais. O PDE, enquanto curso de elevado rigor nas suas valências académicas e humanas, só o é, por mérito de um prestigiado corpo diretivo e docente, o qual nos faz crer que somos parte integrante do êxito da AESE.



MARIA DO CARMO CALVÃO

Diretora-Adjunta do Departamento de Contencioso | CAIXA ECONÓMICA MONTEPIO GERAL