Summer School



Programa
O programa AESE Summer School foi pensado para jovens Universitários que pretendem ter um primeiro contacto com o mundo empresarial.
 
Duração
Durante duas semanas, em ambiente simultaneamente descontraído mas profissional, os participantes serão envolvidos em áreas do conhecimento como:

  • Política de Empresa
  • Política Comercial e Marketing
  • Operações, Tecnologia e Inovação
  • Contabilidade e Finanças
  • Fator Humano na Organização


Decorre em período pós ano letivo, durante o mês de julho e permite conciliar um salutar convívio entre jovens universitários oriundos de diferentes cursos, com diferentes perspetivas e formações, com o contacto com Professores do mundo académico e empresarial e a imersão em organizações empresariais compreendendo in loco o funcionamento das mesmas.

Metodologia
AESE Summer School é uma experiência formativa baseada no método do caso. Criado pela Harvard Business School, o método do caso é um estimulante processo de aprendizagem e formação, vivo e interativo, de descoberta e partilha, que desenvolve a competência analítica. Aprender a liderar é um processo construtivo, onde a experiência e o talento servem de base para a tomada de decisão. Momentos em que a teoria e a prática se juntam em decisões que definem o caminho a percorrer. Não há soluções simples, mas graças à dinâmica da troca de experiências, discussão e defesa de ideias, os participantes dos programas transformam a sua forma de pensar e agir perante momentos decisivos e desafios difíceis.

Cada caso em análise é elaborado com base num problema real, semelhante ao que um dirigente encontra na sua vida profissional, com complexidade, altos riscos e desafios, que serve de base para desenvolver as capacidades de liderança dos participantes, de uma forma prática, real e exigente, transformando técnicas e ferramentas em decisões. O programa AESE Summer School é o momento ideal para focar tudo o que é aprendido, transformando teorias, técnicas e experiências em decisões prudentes e eficazes.

Calendário
A 5.ª edição do AESE Summer School realiza-se de 6 a 18 de julho de 2017.

Preço
600 euros + IVA
Para filhos e netos de membros do Agrupamento de Alumni AESE o preço é de 500€ + IVA.
O preço inclui documentação e catering.
Inscrição online

O preço não inclui alojamento e despesas diárias. Para alojamento sugerimos as seguintes residências para universitários:
 
Opções de alojamento
Residência feminina | Álamos
Alameda das Linhas de Torres, 35, 1750-139 Lisboa PORTUGAL
Tel.: (+351) 21 7587396
alamos@alamoslisboa.org
 
Residência masculina | Montes Claros
Rua Vera Lagoa, 5, 1600-028 LISBOA
Tel.: (+351) 21 722 1000
mc@montesclaros.pt
 
Para mais informações, contacte diretamente a residência.


Direção de programa e admissões

Lúcia Vasco
Telemóvel: [+351] 939 880 073
email: lucia.vasco@aese.pt


“Depois destas duas semanas, acho que o método de caso devia ser mais aplicado nas faculdades – é completamente diferente termos um problema e sermos nós a resolvê-lo, do que ter alguém que nos põe no quadro a resolução. Este é um ponto fulcral, são as pessoas que cá estão que fazem o programa, com pontos de vista e licenciaturas diferentes. Outra parte muito interessante é como se fazem as visitas – já vamos preparados para ter uma resolução, porque cada participante é alocado a um cargo numa empresa, pelo que já vamos preparados a pensar no que vamos ver, no que é que podemos resolver, com base naquilo que aprendemos na semana anterior.”

Maria João Almeida | Mechanical Engineering




“São duas semanas intensas, mas em que conseguimos perceber muito do que nos rodeia. Acredito que aqui consegui de facto perceber cada um dos problemas que ouvimos falar na televisão e vemos nos jornais. Lembro-me de uma aula de que gostei imenso, de política financeira portuguesa, uma aula espetacular para perceber os temas financeiros que vivemos. Até eu que venho de uma área que não tem nada a ver me integrei. Acho que qualquer pessoa que esteja interessada, esteja motivada e que tenha iniciativa e criatividade, vai gostar de estar aqui. É bom para o futuro. Vou aconselhar sempre.”

Francisca Queiroz | Architecture




“Quando me inscrevi para a Summer School, fi-lo para complementar um pouco a minha formação na área da Gestão, uma área bastante diferente da que estou a estudar. Valeu mesmo a pena, até porque as férias são enormes, e não é por duas semanas de trabalho que o verão se estraga.”

Manuel Vassalo | Economy





 


“Gostei logo na primeira semana. Apesar de ser uma área diferente senti-me mais ou menos à vontade com as noções que aprendemos. Na segunda semana vimos as empresas por dentro, de uma forma como nunca pensei ser possível – pensava que ia ser uma visita superficial, mas não foi. Por exemplo, na Portway e na Luís Simões entrámos mesmo para a parte de trás, para o backstage, para os armazéns, o que foi mesmo uma mais-valia. Na primeira semana aprendemos as noções, na segunda semana percebe-se mesmo e aplica-se. Foi muito enriquecedor.”

Filipa Barata | Equipment Design

 



"Fiz a Summer School, porque queria aprofundar os meus conhecimentos em Gestão, visto que durante o meu curso foram bastante reduzidos. Com o método de ensino do programa, aprendemos com casos, temos uma semana de aulas e depois podemos aplicar esses conhecimentos. No trabalho de grupo são-nos atribuídas posições dentro da empresa que nos permitem criar estratégias e planos de melhoria para as mesmas. E para além de termos toda esta componente letiva, acabamos também por fazer amigos e isso é uma parte bastante importante. Os grupos de trabalho, acima de tudo de amigos, acabam de promover um pouco a capacidade de reflexão de cada um, a troca de experiências, de partilha de conhecimentos, o que acaba por ser muito proveitoso e uma mais-valia.”

Teresa Nobre Lança | Pharmacy







 


 

“O que mais me marcou foi a relação criada entre nós participantes, promovida pelo próprio programa. Em vez de termos um professor a debitar matéria, o método de ensino – o Método do Caso – dado pela AESE, permite um contacto muito maior entre estudantes e professores. É neste sentido que a partilha, bem como, a relação criada em apenas duas semanas enriqueceu muito o programa. Enriqueceu-me muito, e essa é, para mim, a maior mais-valia que podemos tirar desta formação.”

Nuno Raposo | Economia