Sessão de Continuidade

<< Voltar

Integridade e bom governo institucional

Caso: Exprimiendo dinero de Parmalat



Descrição
O governo institucional das organizações exige padrões de integridade e exemplaridade inquestionáveis e críticos na relação da empresa com os principais operadores dos mercados de capitais: Bolsa, mercados de dívida, empresas de auditoria,
A discussão deste caso situa os participantes no papel de altos dirigentes, na definição das principais decisões estratégicas e financeiras da empresa: endividamento, crescimento, modelo de diversificação, e governo de filiais.
Os códigos de boa Governance são condição necessária - mas não suficiente - para assegurar que as instituições não caiam em tentações cujos desfechos trágicos afectam em muitos casos centenas ou milhares de pessoas. Nesta sessão, tendo por contexto o caso da Parmalat, serão abordados mecanismos e processos de fortalecimento de integridade e bom governo institucional.
……………………………………………………………
Programa:
17h30 receção dos participantes
17h45 Início da sessão
19h00 Conclusão
……………………………………………………………
Orador: Pedro Borda D’Água
Professor da AESE Business School
……………………………………………………………
Local: 
Porto Palácio Congress Hotel & Spa
……………………………………………………………
Preço:
Geral 30€ 
Membros do Agrupamento: Gratuito.
www.aese.pt
———————————
As sessões de continuidade do Agrupamento dos Alumni da AESE são patrocinadas por: 
AON, Axians, Gestmin, Konica Minolta, OGMA e Trivalor.
Esta mensagem foi enviada para: rlagodasilva@aese.pt porque está inscrito na Newsletter do Agrupamento Alumni da AESE.
Se no futuro não deseja receber ou se a recebe em duplicado, cliqO governo institucional das organizações exige padrões de integridade e exemplaridade inquestionáveis e críticos na relação da empresa com os principais operadores dos mercados de capitais: Bolsa, mercados de dívida, empresas de auditoria,A discussão deste caso situa os participantes no papel de altos dirigentes, na definição das principais decisões estratégicas e financeiras da empresa: endividamento, crescimento, modelo de diversificação, e governo de filiais.Os códigos de boa Governance são condição necessária - mas não suficiente - para assegurar que as instituições não caiam em tentações cujos desfechos trágicos afectam em muitos casos centenas ou milhares de pessoas. Nesta sessão, tendo por contexto o caso da Parmalat, serão abordados mecanismos e processos de fortalecimento de integridade e bom governo institucional.

O governo institucional das organizações exige padrões de integridade e exemplaridade inquestionáveis e críticos na relação da empresa com os principais operadores dos mercados de capitais: Bolsa, mercados de dívida, empresas de auditoria,

A discussão deste caso situa os participantes no papel de altos dirigentes, na definição das principais decisões estratégicas e financeiras da empresa: endividamento, crescimento, modelo de diversificação, e governo de filiais.

Os códigos de boa Governance são condição necessária - mas não suficiente - para assegurar que as instituições não caiam em tentações cujos desfechos trágicos afectam em muitos casos centenas ou milhares de pessoas. Nesta sessão, tendo por contexto o caso da Parmalat, serão abordados mecanismos e processos de fortalecimento de integridade e bom governo institucional.


Programa
17:30 | Recepção dos participantes
17:45 | Início da sessão
19:00 | Conclusão

As sessões de continuidade do Agrupamento dos Alumni da AESE são patrocinadas por: AON, Axians, Gestmin, Konica Minolta, OGMA e Trivalor.

Professores
Pedro Borda D’Água
Professor de Política de Empresa da AESE Business School

Pedro Borda D’Água, Professor de Política de Empresa da AESE Business School

Metodologia

Método do caso

Idiomas

Português

Locais
Porto Palácio Congress Hotel & Spa

Data:

30 de maio de 2019

Horário:

Das 17h30 às 19h00

Data limite:

27 de maio de 2019

Preço:

Geral 30€ 
Membros do Agrupamento: Gratuito mediante inscrição prévia.

Membros do Agrupamento | Gratuito, mediante inscrição prévia
Geral | 30€