Sessão de Continuidade

<< Voltar

Liderança e fidelização do talento

Uma parceria AESE/EDP pela Ética



Descrição

Por que se tem tanta dificuldade em reter o talento nas empresas? Para entender a relevância desta questão, basta considerar que, de acordo com o Global Risk Management Survey, entre 2009 e 2015, a “Falha em atrair ou reter talento de topo” passou de 10.º para 5.º principal risco identificado a nível global.

Ricardo Martí Fluxá, Presidente de Indústria de Turbo Propulsores (ITP), uma das cem maiores empresas a nível mundial na indústria aeroespacial, assinala a desconfiança mútua como o grande obstáculo e a criação de uma cultura de orgulho e pertença – o afeto à empresa – como caminho de solução. E aponta a ITP como o “laboratório” que lhe permite falar com base em experiências reais. Numa empresa em que mais de 1.000 dos cerca de 3.000 colaboradores são engenheiros, sabe que o talento se retribui com tangíveis (remuneração, …), mas que se retém e fideliza com intangíveis, entre os quais destaca a sensação de pertença.

Esta sessão realiza-se no âmbito da Cátedra "Ética na Empresa e na Sociedade AESE EDP".

Professores

Ricardo Martí Fluxá, Presidente de Indústria de Turbo Propulsores (ITP)

Metodologia

Conferência colóquio

Idiomas

Castelhano

Locais
Lisboa

Data:

27 de outubro de 2016

Horário:

Das 17h45 às 19h30

Data limite:

24 de outubro de 2016

Preço:

Membros do Agrupamento de Alumni | Gratuito
Geral | 40 euros + IVA